terça-feira, 14 de novembro de 2017

auto-ódio pseudo-"Ariano"
























1- muito frequente isto de judeus semitas nas redes sociais, se fazerem passar por brancos cheios de complexos, remorsos e culpa pelo suposto "privilégio branco", "opressão", "holocausto" ou qualquer outra merda para pôr os Arianos com sentimentos de culpa e sem instintos de defesa.
os idiotas lêem e acreditam mesmo que os energúmenos de cima são realmente Arianos que se odeiam a si mesmos.

2- os judeus são realmente brancos, apenas não são Arianos (e alguns até têem bastante sangue Ariano nas veias) quem fala em "defesa da raça branca" anda completamente equivocado e iludido. não apenas os judeus, mas vários magrebinos e àrabes menos miscigenados são brancos (exemplo: família Assad, o Madjer ex-Fcp, etc). apenas permito que o termo "White" aqui apareça algumas vezes, porque sei que na América é (erradamente) usado como sinónimo de Ariano sem má intenção, mas não significa que concorde ou que ache o termo mais apropriado.

mais exemplos da táctica:























a fronha deste (((Oliver Friedfeld))) não engana ninguém! há Arianos que se odeiam a si próprios? claro que há! mas não são assim taaaantos como isso, e nem se odeiam dessa forma (os que se odeiam é devido a engenharia social judaica). duvido que algum depois de ser assaltado, pudesse dizer que "mereceu" devido ao seu "privilégio branco". e isso se o assalto não for uma fake news fabricada.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

hollyjewood = pedofilia e assédio sexual














































corajoso este Brad Pitt...mas ainda lhe falta a letra J. ok, ok, eu sei que nem todos são judeus. mas mesmo assim...

terça-feira, 7 de novembro de 2017